Reajustes da conta do investidor

Depois de efetuado o cadastro do investidor e lançados os aportes, o terceiro passo será configurar uma taxa de juros mensal a ser paga ao investidor, bem como o dia de correção automática do saldo da conta.

Caso não tenha efetuado o cadastro, acesse o guia cadastro de fornecedor/investidor

Se ainda não realizou aportes na conta do investidor, saiba aqui como realizá-los. 

1. Configuração da taxa de correção e data:

1.1. Acesse o cadastro do seu investidor em Cadastros > Entidades > localize o investidor > Alterar. 

 

1.2. Acesse a aba "Plano Contas":

A conta do fornecedor é criada automaticamente pelo sistema após o cadastro da entidade ser salvo. 

a) Atualizar dia? - Definirá o dia do mês em que ocorrerá a correção do saldo da conta do investidor. Se agendado para o dia 31, o sistema fará sempre no último dia do mês, indiferente de ter 31 dias ou não;

b) Atualizar saldo quando for? 

    Positivo - conta com saldo positivo para a factoring, isto é, o investidor como devedor;

    Negativo - conta com saldo negativo para a factoring, isto é, a factoring como devedora;

    Ambos - atualizar a conta indiferente do seu status.

c) Taxa Correção - valor percentual da taxa de juros ao mês que será aplicada no momento do reajuste.

Depois de configurada a taxa, basta clicar em "Salvar". 

Desta maneira o sistema efetuará o reajuste da conta no dia estipulado, de acordo com a taxa pré-definida. Então se, por exemplo:

Aporte do investidor = R$ 500.000,00

Taxa de correção mensal = 5%

Dia de atualização = 01

No dia primeiro de cada mês o sistema fará o reajuste da conta, aplicando 5% sobre o período de dias transcorridos. Neste caso, passado um mês desde o aporte, após o reajuste a conta do investidor teria como saldo R$ 525.000,00.

2. Reajuste fracionado:

O Coeficiente realiza o reajuste automático da conta do investidor uma vez ao mês. Todavia, esta atualização pode ser feita de forma fracionada, isto é, a qualquer dia do mês. Neste sentido, o sistema irá calcular os juros proporcionalmente ao período, que irá do último reajuste até a data atual. 

2.1. Acesse a tela de reajuste em Gerencial > Conferência > Plano de Contas >  Conferência Movimentação do Plano de Contas:

2.2. Selecione a conta do investidor e apague os filtros de data:

ATENÇÃO: após utilizar qualquer filtro do Coeficiente, clique no epaço branco em que as informações devem aparecer para que sejam recarregadas. 

Nesta tela serão carregados todas as movimentações contábeis feitas na conta do investidor, mesmo aquelas realizadas de forma automática no dia do mês pré-designado. 

2.3. Marque a opção "Reajustar Conta", selecione uma data e clique em "Reajustar Agora":

ATENÇÃO: a data inicial do reajuste determina a partir de quando os valores devem ser lidos. Caso queira uma leitura normal das movimentações, basta colocar qualquer data que seja anterior ao primeiro lançamento. 

Finalizado este procedimento, a conta do investidor terá o seu saldo atualizado de forma proporcional. No exemplo, a data pré-definida de correção é o dia 05, porém o reajuste fracionado foi feito no dia 18. Desta maneira, o sistema calcula uma taxa diária, tomando como base a taxa mensal, para determinar o valor de juros deste período. 

3. Pagamentos ao investidor:

Para realizar um pagamento ao investidor é necessário seguir a lógica reversa do aporte inicial, isto é, efetuar um lançamento no plano de contas em que a conta de ENTRADA será a conta do investidor e a conta de SAÍDA será o caixa/conta corrente da factoring. 

Para saber como realizar um aporte inicial, visite o guia aporte inicial de investidor

4. Monitoramento da conta do investidor:

Assim como as demais contas do Coeficiente, a conta do investidor pode ser monitorada de forma individual, tendo seus lançamentos contábeis separados em relatório único. 

ATENÇÃO: vale ressaltar que os relatórios contábeis devem ser sempre analisados sob a ótica da factoring. Desta maneira, um relatório que aparece com saldo negativo significa um saldo devedor para a factoring e, em contrapartida, credor para a outra conta movimentada. 

4.1. Acesse Gerencial > Relatórios > Contábil > Razão das Contas:
 

Nos filtros, selecione a conta do investidor no início e no fim. Defina o período de datas e clique em gerar.

 
 
 

Neste relatório será possível verificar todos os lançamentos contábeis da conta do investidor, tanto entradas quanto saídas. Além disso, terá também o saldo atual da conta que, no exemplo, configura-se num saldo devedor de R$ 819.111,77 pela factoring ao investidor. 

Dúvidas frequentes:

1. Posso configurar mais de um investidor e ter o acompanhamento de cada um deles? Sim, o número de investidores é ilimitado. Além disso, também é possível fazer o acompanhamento de todas as contas de investidores somadas num totalizador geral. Para isso, siga o nosso guia de utilização do relatório Razão das Contas